X

O Mundo Admirável da Comunicação em Agência Universitária

‘Aliamos estratégia à criatividade, visando o apoio a projetos científicos e sociais, com pensamento crítico, investigação e inovação em Comunicação a iluminar a nossa atuação'.

Esta é a frase que sintetiza a essência da criação da Agência CreateLab. Mas este é o ponto de chegada. As próximas linhas têm o propósito de dar a conhecer o processo que culminou na tangencialização do Mundo Admirável da Comunicação numa agência, pensada para o binómio cooperante ‘estudantes e investigadores de Ciências da Comunicação’.

Um processo que, longe da distopia proposta por Kafka, conserva os traços de incerteza e vontade de superação das dificuldades. O CreateLab é a prova de que os responsáveis pelo curso de Ciências da Comunicação da Universidade do Minho ouvem os seus alunos. Nomeadamente, ouvem e corroboram a opinião da qualificação prática e profissionalizante que um curso universitário deve ter.

Assim, esta agência traduz-se numa resposta concreta à necessidade de uma experiência prática e hands on para os estudantes das áreas de Audiovisual e Multimédia e Publicidade e Relações Públicas. Simultaneamente, é lhes incutido que o Admirável Mundo da Comunicação transcende a sua vertente comercial. No CreateLab, os estudantes dos diferentes ciclos de estudos podem ter o desafio de contribuir para projetos de Comunicação Integrada de apoio aos domínios científicos e sociais. Terão, por outro lado, a oportunidade de desafiar, inovar e experimentar na área da Comunicação.

A campanha ‘Isolados mas sempre ligados’ é a primeira de muitas provas de que a Comunicação pode ser precursora da aplicação do conhecimento científico, em favor de uma sociedade mais equilibrada e capacitada.

Capacitação. Eis um atributo que, sendo atribuído ao processo, também reveste o ponto de chegada. Para finalizar estas breves considerações sobre o início desta agência, é importante sublinhar que o CreateLab é uma agência de comunicação capaz.

Não queremos que o facto de ser composta por equipas de alunos ou que se desenvolva num contexto académico, demova potenciais beneficiários ou dissuada projetos ambiciosos e desafiantes. Estes alunos são capazes e orientados por profissionais/investigadores nas diferentes áreas, ambiente colaborativo que enforma as propostas apresentadas.

E, qual reviravolta ‘kafkiana’, o processo não termina nas propostas de Comunicação apresentadas pelas equipas dos estudantes. Estando inserido num Centro de Investigação, o CreateLab também tem a particularidade de dar o mote para o progresso científico em diferentes áreas. Tal traduz-se no facto de os projetos desenvolvidos poderem constituir objeto de estudo para os investigadores que também compõem a agência.

Falemos, então, de desafios. Neste momento, o desafio de quem lê este artigo é continuar a acompanhar o CreateLab; o desafio do CreateLab é ser fiel à sua visão: ser a agência laboratorial de comunicação de referência, onde a capacitação e experimentação são os pilares do nosso modo de atuar.

Texto de Marta Alves
Coordenadora Executiva

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximo ArtigoTexto da Professora Daiane Scheid que reflete sobre a visibilidade dos canais online para a comunicação estratégica das organizações. Ver mais